September 22, 2017

Importância para o futuro

IMPORTÂNCIA DO BLOCKCHAIN PARA O FUTURO

Para entender a importância do Blockchain, vamos definir de forma estruturada o Bitcoin, considerando todas as criptomoedas no uso dessa tecnologia.

O Bitcoin é um movimento socieconômico e político, por vias tecnológicas.

O Bitcoin não é simplesmente uma moeda, é uma rede! Se aprendermos um pouco sobre redes, entenderemos que o bitcoin não é uma simples rede, mas uma com uma incrível arquitetura distribuída que obtém consenso por meio do seu próprio funcionamento criptográfico. Uma rede que verifica e valida transações e entrega confiança sem uma autoridade central, mas com o uso inteligente da matemática e avançados recursos criptográficos. Isso é muito mais importante, muitas vezes maior do que ser simplesmente uma moeda.

O Bitcoin é uma plataforma e não somente uma série de protocolos em uma camada básica. Uma rede P2P para a rápida propagação de blocos e transações.

Precisamos do Blockchain pois precisamos de uma rede de confiança, de forma anônima. Essa rede de confiança é essencial para que se possa enviar informações através de cadeias de suprimentos sem a necessidade de revelar quem são as pessoas por trás das trocas na cadeia de suprimentos e sem ter de esperar uma enorme quantidade de tempo para o processamento e validação das informações.

Existe a necessidade de se transportar diferentes tipos de informação, de certificações verificadas à informações que não precisem ter um terceiro verificando seu conteúdo (se está correta ou não), ou seja informações mais intangíveis. Precisamos de um sistema que nos deixe fazer isso de forma confiável - sem a interferência de uma terceira parte interessada -, como é o caso do Blockchain que faz isso tão bem.

De forma similar, pode-se imaginar um cenário onde pessoas de qualquer movimento queiram ter a prova de que uma determinada declaração existiu em um certo período, ou que um evento ocorreu, seja um vídeo ou outra mídia qualquer e usariam o Blockchain para obter essa prova. Sendo também útil para refutar meios de comunicação e rastrear a cobertura da mídia. Por exemplo pode-se imaginar um Blockchain que registrasse a cobertura da mídia e sempre que algo vem à tona e que pareça ser falso, poderia-se consultar o registro desse Blockchain e encontrar evidências de que algo não é verdade.

Por meio do caráter criptográfico utilizado no Blockchain, consegue-se permitir a transferência de informação de forma segura e confiável, sem a necessidade de revelar de onde a informação saiu e principalmente, sempre para frente virtualmente, bloco por bloco. Isso transforma a transparência das cadeias de suprimento completamente, uma vez que é computacionalmente impossível ocorrer uma fraude ou violação externa com a blockchain.

Essa é uma forma muito interessante de criar um histórico, uma "trilha" baseado em criptografia das chaves públicas, que pode ser usado como referência, não só por veículos de mídia mas por qualquer um que esteja pesquisando sobre determinado assunto.

Se nós vamos proteger o passado dos tiranos do futuro, precisamos utilizar criptografia. Joseph Goebbels foi ministro da propaganda nazista e por vias escusas e obscuras tentou realizar uma lavagem cerebral sem procedentes em uma jovem geração de alemães, os convencendo de que a raça ariana era superior e que os judeus tinham de ser eliminados. O Blockchain é o melhor mecanismo atual para proteger o passado dos tiranos do futuro. Tudo que já aconteceu pode ser registrado e protegido com vastas quantias de supercomputação ou outras formas de criptografia. Não importa o quanto um governo for tirano no futuro e queira mudar o passado, ele simplesmente não terá poder computacional suficiente para resolver os cálculos necessários e mascarar a história.

É extremamente importante proteger o passado do futuro, caso contrário, pode ser que em 50 ou 150 anos Gandhi nunca tenha existido. As ideias que fossem perigosas e contra a ideologia imposta, seriam excluídas da realidade e algoritmos iriam mascarar o ideário. É necessário garantir que um ditador futuro não possa excluir a história da humanidade.

Se quisermos reduzir o poder e a opressão do Estado sobre nossas vidas, a descentralização da moeda e a retirada de monopólio sobre a emissão e regulação de dinheiro por parte de governos corruptos e incapazes de realizarem progressos em uma sociedade é de fundamental importância. Políticas inflacionárias e deteriorante já são evidenciadas que não são o melhor caminho.

Se você quer ter o controle da moeda, impedir a emissão irresponsável de Quantitative Easing, impedir essas políticas monetárias de juros absurdos, esse é o caminho.
A nova geração, inclusive, irá se livrar da dívida previdenciária que a velha geração de economistas irresponsavelmente deixou para eles pagarem, migrando para o Bitcoin. E deixando nós velhos, e também irresponsáveis pela nossa omissão, a ver navios com uma moeda totalmente desvalorizada chamada Real.